Filtrar
buscar
+ Notícias
26
Abr
2018

Brooklyn Nets processa patrocinador por falta de pagamentos

Brooklyn Nets processa patrocinador por falta de pagamentos
compartilhe:

O Brooklyn Nets entrou com um processo contra um de seus próprios patrocinadores, a fabricante de fones de ouvido Monster, por violação de contrato e também violação de propriedade intelectual da franquia da NBA. As informações são da revista americana Forbes.

De acordo com a publicação, a relação entre Nets e Monster teve início em 13 março de 2017, quando houve a assinatura do contrato, e a empresa passou a ser chamada de “patrocinadora oficial de fones de ouvido do Brooklyn Nets”. Ao mesmo tempo, começou a ter direitos relacionados com o New York Islanders, que disputa a NHL, e o Barclays Center, ginásio que recebe os jogos tanto do Nets como do Islanders.

Pelo lado da Monster, a empresa teria que fazer pagamentos de taxas anuais e royalties sobre as vendas líquidas de produtos. Segundo a Forbes, o contrato também continha uma licença que permitia à Monster usar as marcas registradas Nets e Barclays Center durante o prazo definido.

O problema é que, passado mais de um ano da assinatura, a Monster não efetuou o pagamento da taxa e não repassou os royalties da maneira como estava estipulado no contrato. A publicação afirma que, já em outubro do ano passado, a reclamação feita pelo Nets à empresa citava o valor de US$ 380 mil em atraso.

À época, a franquia mandou uma carta de rescisão à Monster, mas não obteve resposta. Mais seis meses se passaram e, hoje, o Nets pede US$ 560 mil pelo fato da Monster não ter pagado o que devia e ainda continuar usando a marca tanto da franquia como também do Barclays Center.

O processo foi aberto no último dia 20 de abril e está pendente no Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito Sul de Nova York.

Fonte: Máquina do Esporte

Receba
Novidades
cadastrar
© Francisco Carvalho Advogados 2017 - Todos os direitos reservados